Hipnose - Fernando Ongaro Hipnose
Hipnose e Hipnoterapia - tratamento rápido para diversas aflições mentais e psicológicas. Descubra como a Hipnose pode transformar você.
hipnose, hipnoterapia, terapia, depressão, ansiedade, fobia, fobias, fobia social, síndrome do pânico, fernando ongaro, ongaro, ongaro hipnose, gestação, parto sem dor, fibromialgia, emagrecer, compulsão, compulsão alimentar, bulimia, anorexia
28
page-template-default,page,page-id-28,bridge-core-1.0.5,qode-social-login-2.0.1,customer-area-active,qode-page-transition-enabled,ajax_fade,page_not_loaded,,hide_top_bar_on_mobile_header,transparent_content,qode-theme-ver-26.2,qode-theme-bridge,disabled_footer_top,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.6.0,vc_responsive
 

Hipnose

O que é Hipnose?

 

Hipnose, segundo a  Associação Americana de Psicologia, é um estado de consciência que envolve atenção focada e consciência periférica reduzida, caracterizado por uma maior capacidade de resposta à sugestão.

 

Na verdade, é bem mais simples definir o que é hipnose: é um estado de concentração e foco.

É muito comum acreditar que a hipnose é um estado semelhante ao sono, induzido por algo ou alguém. Isso se dá, principalmente, pelo uso do comando “DURMA!” pelo hipnotista durante a sua indução. Porém, esse conceito já foi desmitificado e o que acontece na verdade é que, de forma oposta ao sono, a pessoa quando hipnotizada se mantém totalmente consciente, com suas capacidades cerebrais amplificadas. Os dois estados são claramente distintos, o que pode ser constatado através do uso do eletroencefalograma, que mostra ondas cerebrais de formas, frequências e padrões distintos para cada caso.

Para ficar bem claro, é um estado totalmente natural do cérebro, que ocorre dezenas, talvez centenas de vezes todos os dias sem que sequer você se dê conta. Sempre que você se encontra em um estado de atenção concentrada, você está em algum nível de hipnose.

 

Já aconteceu de você estar tão concentrado em uma tarefa que outra pessoa fala com você e você não escuta, sequer registra o que ela disse ou mesmo a presença dela no ambiente? Pois bem, isso é um exemplo de atenção concentrada, onde nada mais é percebido pelo seu cérebro além daquilo em que você está focado. Isso é um exemplo de estado hipnótico de ocorrência natural.

Durante o processo de indução hipnótica, o que o hipnólogo faz é dirigir e focar sua atenção de forma a produzir este estado de concentração. Além disso, ele utiliza técnicas para “desligar” ou permear o seu fator crítico – filtro que faz com que você saiba diferenciar o que é realidade do que não é e também porta de acesso ao subconsciente – permitindo assim que seu cérebro aceite sugestões e libere o acesso direto ao seu subconsciente. Esse estado promovido é chamado de estado hipnótico, transe hipnótico ou somente transe.

É importante ressaltar que a Hipnose é um método validado cientificamente, reconhecido e aplicado pela psicologia e pela medicina e com inúmeros estudos e artigos científicos que comprovam a sua validade nas mais diversas aplicações.

 

O que NÃO é Hipnose

 

Agora que você já sabe o que é hipnose, é importante deixar bem claro o que NÃO é hipnose.

Existem muitos mitos e desinformação acerca do assunto, por conta da falta de conhecimento e daquilo que nos é apresentado pelas histórias, filmes, desenhos animados e pelas crenças e dogmas existentes.

 

E para elucidar completamente, vamos desmistificar de uma vez por todas e dizer exatamente o que NÃO é Hipnose:

  • Controle mental: Você está sobre o meu poder… Não, não está. Não há como forçar alguém a fazer algo que vá contra seus valores e crenças. O cérebro possui diversos mecanismos de defesa e autoproteção que impedem que o hipnólogo assuma o controle da pessoa. E o profissional ético jamais tentará fazer algo que prejudique seu sujeito.
  • Lavagem cerebral: Não, pelos mesmos motivos explicados no item anterior.
  • Sono: Muitas pessoas acreditam que a hipnose está relacionada com o sono. Conforme já explicado, essa é uma suposição errônea, já que durante o estado hipnótico seu cérebro continua alerta e consciente.

  • Inconsciência: Isso não é verdade, já que você continua se comunicando e respondendo aos estímulos e comandos do hipnólogo. E seu cérebro continua alerta e consciente.
  • Um estado místico: Não, é um estado natural, que ocorre diversas vezes ao dia com todos, de forma automática e inconsciente. Não tem nada de mágico ou místico.
  • Coisa do capeta: Vale a resposta acima. É um estado natural, fisiológico, ligado à forma que seu cérebro funciona. Nada mágico, nada místico.

Desta forma, sabendo exatamente o que é e o que não é Hipnose, podemos falar agora sobre a Hipnoterapia, que é a modalidade de terapia que se utiliza da ferramenta Hipnose para promover mudanças diretamente nas causas subconscientes dos problemas e promover, assim, uma grande melhoria no seu dia-a-dia e na sua vida. Clique no botão abaixo e saiba tudo o que a Hipnoterapia pode fazer por você:

×